top of page
  • Prof. Magno Machado De Freitas

PROFESSOR ESCREVE ALERTA PARA A COMUNIDADE ESCOLAR




Um alerta a todos


Uma pesquisa breve no Google nos traz um alerta bem importante às escolas. Há uma onda de ataques criminosos às instituições brasileiras. E isso não é algo novo. Existem casos extremos no país, como Realengo e Suzano, que foram extremamente cruéis e deixaram muitos feridos e mortos. E, nesta última semana, em muitos lugares, aconteceram momentos de tensão e tragédias.


Pensando nisso, há uma preocupação geral das comunidades escolares, com toda a razão. Nós, professores e pais, nos preocupamos com esses ataques, pois vai de encontro a tudo que acreditamos: a escola é um lugar sagrado, onde o conhecimento pode mudar vidas, pode elevar os sonhos de nossos estudantes à concretização.


Atacar a escola com armas é destruir a possibilidade de muitas crianças e jovens de alcançar seus objetivos de vida e projetos pessoais. As crianças de Blumenau (SC) são exemplos de vidas podadas, de sonhos perdidos, de famílias destruídas. Estamos vivendo em tempos sombrios e é preciso encontrar os culpados. Puni-los, de acordo com a lei. As crianças não merecem esse destino cruel, nem aqui no Brasil e nem em lugar algum.


Existem vários fatores que auxiliam nesse processo. Segundo a BBC Brasil (06/04/2023), eles são: redes sociais com conteúdos criminosos; idolatrar criminosos do passado; o exagero da mídia na exposição dos conteúdos sobre crimes; a facilidade em conseguir armas; adolescentes vulneráveis às culturas extremistas e falta de suportes nas escolas.


Se pensarmos nesses elementos, é necessário agir, seja em casa, na escola, juntamente com o poder público. É preciso refletir junto com a comunidade escolar e promover ações que possam ser aplicadas imediatamente. Um bom começo seria dialogar, junto aos alunos, sobre o tema. Verificar o que eles estão buscando na internet. Para que não tenhamos mais mortos e feridos nesta instituição importantíssima, que, sabemos, têm muitos problemas, mas que é um porto seguro de muitas pessoas em formação. Todos os envolvidos (comunidade escolar e poder público) precisam refletir sobre suas ações e pensar no futuro de nossas escolas, para que não tenhamos de chorar pela partida de inocentes.




Referências

GRANCHI, Giulia. Os fatores que contribuem para ataques em escolas, segundoespecialistas. https://www.bbc.com/portuguese/articles/cn0610zm35vo.

Acesso em 11/04/2023.

bottom of page