top of page
  • Jefferson Dieckmann

MUITO MAIS QUE VIAJAR

Viajar é ir além…




“Os teus limites são os muros da tua cidadela; eu ganhei o mundo.” Essa frase de um dos meus poemas retrata bem o significado do que é sair pelo planeta, seja em busca de conhecimento, aventura ou em uma fuga de si mesmo. O fato de não se ficar sempre em um mesmo lugar, vendo as mesmas ruas e ouvindo sempre os mesmos pássaros, nos alargam os horizontes.





Sair pelo mundo, ver outras realidades, vivenciar outros costumes e experimentar novos sabores nos tornam diferentes; eu diria que até nos tornamos seres mais completos.


Elevando o espírito em uma igreja medieval, num templo budista ou numa centenária mesquita, nos aproxima ainda mais do Criador. Provar um pescado no continente europeu, experimentar tâmaras na Ásia, ou tomar um mate no Uruguai sacia a nossa fome do novo. Jamais voltamos os mesmos de uma viagem. Os conhecimentos adquiridos, as vivências trocadas e os olhares lançados e recebidos nos tornam seres novos.


Sair do lugar comum, respirar novos ares e trocar experiências, mesmo que não falemos o mesmo idioma do povo visitado, é algo fantástico. Afinal, a empatia, a linguagem dos sinais e os sorrisos são tipos de comunicação universais. Definitivamente, voltamos outros após uma viagem. Nos tornamos seres melhores e com outra visão da própria existência. Viajar e respirar são, definitivamente, dois verbos necessários.













Gostou? Siga o Jefferson no Instagram






bottom of page