top of page
  • Ághata Ramos, Agência Yaih

EXAMES LABORATORIAIS DE ROTINA

Texto escrito por Susane Specht Iuppen- Responsável Técnica do Laboratório BioExato


Muitas pessoas acreditam que ir ao médico apenas deve ser feito quando estamos doentes. Na verdade, realizar um check-up todos anos é algo de extrema importância, garantindo que qualquer problema de saúde possa ser identificado cedo e tratado com mais eficácia.

Afinal, nem sempre nossa saúde pode dar sinais claros de que algo não vai bem, e apenas a consulta com um médico poderá detectar essas questões. Por isso, nós reunimos alguns tipos de exames laboratoriais que você precisa incluir na sua rotina de saúde e que precisa sempre ficar de olho nos resultados.


Hemograma: é um dos exames laboratoriais mais solicitados. E isso não é por acaso, afinal ele oferece informações importantes aos médicos – as quais unidas a outros exames podem indicar problemas de saúde, recuperação de doenças e outros pontos, como por exemplo: Anemia, Processo infeccioso, Leucemia...


Colesterol total, Colesterol HDL “bom”, Colesterol LDL “ruim”, Colesterol VLDL, Triglicerídeos: servem para avaliar taxa de gordura


Ureia e Creatinina: são importantes para avaliar a função renal. Normalmente, altos níveis de ureia e de creatinina indicam que os rins estão filtrando menos do que deveriam.


Exames de urina: ele permite identificar a presença de uma infecção urinária ou até de algumas doenças renais. Com ele, é possível detectar a presença anormal de glicose, sangue, pus, proteínas ou outras substâncias que não deveriam estar na urina – indicando deficiências ou doenças dos rins e do trato urinário.


Exames de fezes: Parasitológico é o exame mais comum e capaz de identificar a presença de parasitas que trazem muitos transtornos à saúde. Já o exame de sangue oculto ajuda a detectar previamente a presença de câncer colorretal ou de hemorragias que podem significar o caso de uma doença inflamatória intestinal ou outros problemas no sistema digestivo.


Glicemia: é muito importante tanto para a detecção do diabetes, como para o controle da doença. Lembrando que, embora o exame de glicemia seja muito importante, ele não é o único na hora de diagnosticar o diabetes.


Transaminases (ALT e AST) ou TGP e TGO: se referem à saúde do fígado, são enzimas responsáveis pela metabolização das proteínas e se encontram em maior quantidade nas células do fígado. Se os exames vierem com níveis elevados de TGP ou de TGO isso pode indicar um problema hepático. Outro dado importante é quando apenas o TGO está elevado, o que pode indicar uma lesão cardíaca. Isso porque o TGO também está presente nas células do músculo e do coração.


TSH e T4 livre: serve para analisar o funcionamento da tireoide.

Todos esses tipos de exames laboratoriais são muito importantes – e devem ser feitos regularmente, garantindo que a sua saúde estará em dia. Porém, vale a pena destacar que apenas o seu médico poderá lhe diagnosticar com alguma doença, afinal o resultado de um exame isolado não é capaz de identificar problemas de saúde.






Siga a BioExato no Instagram!












Commentaires


bottom of page