top of page
  • Jefferson Dieckmann

DEZEMBRO, TEMPO DE REVIVER...



No final do ano, é época de relembrar o que se passou ao longo dos últimos doze meses, lembrar fatos, passagens, episódios vividos, acontecimentos bons e outros nem tanto.

No começo da vida, os compromissos se acumulam, as responsabilidades são muitas e nós só queremos tirar férias para descansar quando chega esse período do ano.

Hoje, um pouco mais tranquilo, posso parar e relembrar passagens da vida. Me recordo da época em que, com os filhos pequenos, vínhamos religiosamente de Curitiba para São Lourenço do Sul a fim de passar as férias anuais. Antes da esperada viagem, era compromisso marcar um dia para levar o carro da família, um Fusca, na oficina e fazer a revisão para a longa viagem! Trocar óleo, revisar freios, embreagem e quase sempre trocar o famigerado cabo do acelerador, eram coisas primordiais a se fazer.

E lá íamos nós, estrada à fora. A principal preocupação das crianças era se já estaríamos perto de chegar na casa da vó.

- Tá chegando?

- É logo ali.

Esse era, invariavelmente, o diálogo travado entre passageiros mirins e o motorista ao longo do caminho. Muitas perguntas e respostas depois, eis que avistávamos as placas indicando o nosso destino. Ainda hoje, não sei como conseguíamos viajar com quatro pessoas, bagagens e mais os brinquedos trazidos em um Fusca. Só sei que foi assim, a história escrita com simplicidade, amor no coração e um pouco de coragem. Hoje com carros modernos à nossa disposição, revivemos na mente os momentos de alegria e também de tensão vivenciados pelas estradas da vida a bordo de um veículo tão simples. Mas, eis que estamos aqui, são e salvos, podendo relembrar e reviver histórias de um tempo que não volta mais. Recordar é viver. Estamos vivos e um novo ano vem aí. Feliz 2024 a todos!






Siga Jefferson Dieckmann no Instagram!

bottom of page