top of page
  • Prof. Magno Machado De Freitas

A LEITURA COMO PROJETO DE CONHECIMENTO




Faz muito tempo que a leitura é importante. Grandes nomes da educação já disseram isso, Paulo Freire, Magda Soares. Mas, resta o questionamento: o que estamos fazendo para que a leitura perpetue em nossos estudantes?


É um questionamento que me faço como professor de Língua Portuguesa e, nas duas escolas onde trabalho, desenvolvo alguns projetos. Um deles é o Carrossel da Leitura, onde os alunos levam um livro para casa e em determinada data precisam ter finalizada a leitura. Então, um aluno vai passar para o colega. Daqui a alguns meses, eles terão lido vários títulos.


Um projeto já é algo interessante, onde se coloca a leitura como algo primordial. Para que isso aconteça, não basta. É preciso fazer mais. É preciso ser um projeto de escola ou de secretaria. Investir em novos livros, arrecadar antigos, reformar as bibliotecas escolares, para que se torne agradável, e não aquela leitura por obrigação, mas por prazer.



Talvez, quando um aluno diz assim: “Não gosto de ler” é porque ele não encontrou o livro

que lhe motivou. E. olha, que existem muitos: best sellers, suspense, autoajuda, romances, aventura, antigos, novos... O importante é que eles comecem desde cedo neste mundo incrível da leitura. Isso também seria uma tarefa de casa, onde deveria começar esse processo: seja levando os filhos na biblioteca seja dando de presente títulos que eles se identifiquem. É algo impagável quando tu dá um livro de presente para uma criança – e eu faço isso – e eles se empolgam com a possibilidade de entrar naquele mundo ficcional, que pode lhe ajudar a entender a si mesmo, a resolver problemas, a ter empatia, a aumentar seu vocabulário, a conversar sobre a história do livro.


Então, para isso acontecer, devemos começar em casa, com nossos filhos. Na escola, ambientes de Literatura envolventes, com títulos novos. Na sociedade, investimento para que possamos proporcionar melhores condições de leituras aos nossos alunos. Consequentemente, não basta alguns professores terem seus projetos se não tivermos apoiadores externos à escola.






Gostou da leitura? Siga o Prof. Magno Machado






Um mundo de informação e criatividade. Siga Yaih no Instagram!


bottom of page