top of page
  • Ághata Ramos, Agência Yaih

UMA JORNADA DE AMOR, DEDICAÇÃO E ARTE: A HISTÓRIA DE GUERDA MARIA KUHN

Atualizado: 5 de mar.



Guerda Maria Kuhn é uma enfermeira e compositora lourenciana. Sua trajetória é marcada por amor, dedicação e uma paixão fervorosa pela vida e pela música, sendo uma pessoa com um olhar diferenciado sobre a vida, Guerda dedicou sua vida ao cuidado dos outros e à expressão de sua alma através da música.

 

Carreira na enfermagem



Formada Enfermeira Obstetriz da 8° turma da UFPEL

Guerda trilhou um lindo caminho na enfermagem. Formada em Enfermagem e Obstetrícia pela UFPEL, ela dedicou 35 anos ao cuidado de pacientes em hospitais e postos de saúde, sendo pioneira no atendimento a pessoas com HIV/AIDS em seu município. Sua dedicação e compromisso com o bem-estar dos outros foram reconhecidos pelos seus pacientes e também pela comunidade lourenciana, que a homenageou na Câmara de Vereadores por seus serviços prestados.






A homenagem foi uma proposição da vereadora Fabiane Peglow

Como enfermeira, ela destaca sua passagem pelo Hospital da Reserva, Santa Casa Municipal e em postos de saúde como o Posto Central, o posto de saúde do bairro Santa Terezinha e Nova Esperança.

Ao definir a sua carreira como enfermeira, ela afirma: “ Eu me sinto realizada, por ter ajudado as pessoas nos momentos mais difíceis das suas vidas. ” 

Ao exercer sua profissão, Guerda realizava exames, aplicava injeções, vacinação infantil e adulto, administrava remédios prescritos, fazia curativos e a triagem de casos, gestantes de baixo risco e alto risco, pessoas com HIV/AIDS e isso significava que realizava desde atendimentos simples até os mais complexos. Organizava prontuários, zelava pela organização e limpeza do ambiente hospitalar. Sua prioridade sempre foi dar atenção, respeito e consideração ao paciente. Várias vezes ela atendia seus pacientes falando em pomerano.


E ao ressaltar pontos marcantes de sua carreira, destacou: “ [..] Eu me lembro de cirurgias intermináveis na Santa Casa, casos de difteria, situações como a doença do tétano e casos de Sarampo no Hospital da reserva... Em meu retorno para o Posto Central fiquei trabalhando exclusivamente com gestantes de baixo e alto risco, onde o Posto Central é referência no município... tive a alegria de acompanhar várias gestações,até de gemelar e trigemelar…” 

“No posto central, eu fui determinada para ser a enfermeira responsável para cuidar de pessoas com HIV e Aids, a primeira enfermeira neste atendimento. [..] ”


Durante a pandemia de coronavírus, Guerda enfrentou desafios inimagináveis na linha de frente, trabalhando até 12 horas por dia para cuidar daqueles que mais precisavam.

“ A pandemia foi uma loucura, atendíamos pessoas todos os dias com Covid-19, umas 30 pessoas por dia.…atendíamos empresas também... tanto na cidade quanto no interior. ”

“ Eu usava máscara o dia inteiro, ficando longe da minha família para não contaminá-los. E não contaminei. Foi muito impactante esse final da minha trajetória como enfermeira”



Em outro turno, Guerda trabalhou na Saúde do Trabalhador na qual foi a 1° coordenadora desse serviço - atendia as empresas pois muitas estavam com surto do Covid-19, ela e sua equipe davam as orientações específicas tanto na cidade como na colônia


Guerda também ressalta que foi a 1ª mulher a Administrar o Hospital da Reserva e a 1ª mulher a administrar um hospital do município.

Mesmo diante das adversidades, a música sempre foi sua fonte de conforto e equilíbrio, permitindo-lhe encontrar leveza nos momentos mais sombrios.

Guerda se aposentou da profissão em janeiro de 2023 e deixou um legado inspirador de trabalho árduo, paixão pela profissão e profissionalismo.



Carreira na música

 

Um fato que sempre chama a atenção sobre Guerda é o fato dela conciliar sua vida como enfermeira e sua paixão com a música. Como compositora, seu trabalho é uma caminhada que vem sendo trilhada há 40 anos; iniciou sua história ainda na infância, onde a música sempre esteve presente em sua vida. Aos 16 anos, compôs sua primeira música na JESLO, juntamente com Diti Bergmann. Guerda é tricampeã de música gospel no Festival de Música Sacra de Pelotas .

Depois do gospel, passou a compor músicas nativistas, sendo reconhecida entre as poucas mulheres que se dedicaram à composição desse estilo musical.

Uma curiosidade muito interessante é que Guerda é a única mulher compositora do 27 ° Pérola em Canto - 27 Repontinho de São Lourenço do Sul






Guerda e seu parceiro de composições nativistas, Luis Antônio Weber, classificaram a música " Orfãos da Pátria" em ritmo "Canção Latinoamericana" no 27º Pérola em Canto




 



Sendo uma compositora com um grande portfólio de projetos, a lourenciana acumula mais de 458 músicas compostas em parceria com outros autores; os ritmos vão entre gospel, sertanejo, nativista (RS), pop, piseiro e forró.

Muitas de suas composições foram gravadas por cantores renomados em nível nacional, sua composição “Amor com Adrenalina” foi cantada pela dupla João Neto e Frederico juntamente com a dupla Davi e Daniel.


Dentre suas composições, destacam-se:


Amor com Adrenalina - João Neto e Frederico e Davi e Daniel;

Pega Eu - Humberto e Ronaldo e Eduardo e Muriel;

Tá Louca - Cleiton Campos e Menor Nicco;

És a Razão do meu Viver - Banda Som de Neon;.

Ciúmes Colateral - Géssica Prado;

Vem Morena - Juninho do Acordeon

Só com Lampião - Juninho do Acordeon entre outros

 


Guerda; duplas João Neto e Frederico, Davi e Daniel

“Eu sou uma pessoa apaixonada pela vida, pela minha família, por ser enfermeira e por ser compositora. Como enfermeira e compositora, sempre foram duas coisas distintas em horários diferentes”


“Quando eu chegava em casa, eu consegui compor, até pela questão de equilíbrio emocional. Na pandemia, eu entrei em um coral virtual, eram 3000 vozes, cantei com cantores como Osvaldo Montenegro, Sergio Britto...”


Guerda conta que realizou um curso com a compositora Fatima Leão para aprimorar a composição de músicas pop.

Além do pop, a compositora ampliou suas composições para sertanejo, piseiro e forró.

 

Ao ser questionada sobre como é representar o Rio Grande Do Sul sendo compositora e sendo mulher, ela demonstrou felicidade e muita satisfação: “ Eu sou bem recebida, sou muito respeitada, é muito bom ter esse contato. Acabei de voltar de Santa Catarina do show de Davi e Daniel e me senti muito respeitada. ”

Guerda é uma das principais compositoras da dupla, recentemente participou da composição de mais um sucesso; “Só Tomando Brahma”.


Guerda e a dupla Davi e Daniel

Muitas das músicas compostas por ela tocam em diversas estados do Brasil, como São Paulo, Paraná, Manaus, Bahia e em outros países como Portugal, França e são encaminhadas para mais de 90 países.

Além de seu talento como compositora, é uma artista completa, também canta e toca violão.


Guerda é destaque de um livro que conta a sua história, Compositores em Destaque – A Arte de Cantar e Encantar. O livro digital é uma realização da Destaque Plataforma Digital. Este livro foi feito em parceria de  Lucas Lindeberg da Bahia e Ana Cauzzo, responsável pela editora Eduzz. São 40 compositores, dos 27 estados do Brasil que também fizeram o livro e Guerda Maria Kuhn é a única gaúcha. 

No final do mês de abril, Guerda estará presente na Bienal do Livro de Salvador, divulgando a sua obra e a sua história.




Você pode adquirir o livro de Guerda pelo link e conhecer mais da sua história!





































Comments


bottom of page