top of page
  • Ághata Ramos, Agência Yaih

MATÉRIA ESPECIAL COM ELAINE ZIELKE (MEMÓRIAS UND ANDENKEN)

Em um marco significativo para a história da família Zielke, neste ano, foi comemorado o centenário da chegada dos primeiros membros da família ao Brasil. Elaine Zielke, bisneta de Gottfried e Amalie Zielke, os pioneiros, compartilhou com a Agência Yaih detalhes fascinantes sobre a jornada da família e a criação do Museu Memórias und Andenken.




Elaine Zielke, proprietária do museu, teve a ideia de criar um espaço para compartilhar a história da família durante uma visita técnica à Serra, promovida pelo Sebrae, ao longo do Caminho Pomerano. Durante essa viagem, a inspiração para o museu surgiu.



Museu Memórias und Andenken

"Naquele momento, me ocorreu a ideia: nós temos tantas coisas guardadas da nossa família... móveis, fotografias, roupas e até um livro sobre a família. Por que não criar um museu para compartilhar essa história?", relembra Elaine.




Parte da família na comemoração do centenário da família Zielke no Brasil

Com o apoio de seu pai, ela montou o Museu Memórias und Andenken, expondo um acervo simples da época. Cada membro da família contribuiu com seu próprio acervo pessoal para enriquecer a exposição.


O nome do museu, Memórias und Andenken, foi moldado ao longo do tempo até alcançar sua forma atual. Desde sua inauguração, em julho de 2017, o museu se tornou um espaço de celebração da história e das curiosidades da família Zielke. Em maio de 2023, marcou-se o centenário da chegada da família ao Brasil, uma data de grande significado para todos os seus descendentes.



Sala das Curiosidades

O museu é composto por partes distintas. A primeira é uma estrutura rústica de madeira, onde está localizado o acervo familiar. Já em outro cômodo abriga a "Sala das Curiosidades", onde o pai de Elaine mantém decorações de antiguidades, como carros antigos. O ambiente é um deleite para os visitantes, que têm a oportunidade de mergulhar em um rico passado histórico.



Elaine e Gottfried com seus 3 filhos que vieram da Alemanha

A história da família Zielke remonta ao bisavô de Elaine, Gottfried, um soldado prussiano, e sua bisavó, Amalie, que trabalhava nos Estados Unidos. Após o fim da Primeira Guerra Mundial, eles decidiram se mudar para o Brasil, trazendo consigo seus três filhos. Amalie escolheu o Brasil devido à sua apreciação pelo café. A família desembarcou no porto de Rio Grande e estabeleceu-se em Santa Rosa, onde construíram suas vidas e tiveram mais dois filhos. No entanto, o bisavô Gottfried sentiu falta de escolas adequadas em Santa Rosa e decidiu retornar à Alemanha. No entanto, quando estavam prestes a partir, receberam a notícia do início da Segunda Guerra Mundial, o que os obrigou a permanecer no Brasil. Foi então que conheceram São Lourenço do Sul e estabeleceram raízes no município, trabalhando na reparação de relógios e máquinas de costura. Com o tempo, outros membros da família também escolheram o mesmo destino. Em homenagem à escolha da bisavó Amalie pelo Brasil devido ao café, Elaine produz e comercializa um delicioso licor de café no museu.



Vestido centenário feito de renda inglesa

Entre as preciosidades expostas no museu, destaca-se um vestido de criança centenário, que foi passado de geração em geração desde que a irmã do avô de Elaine o ganhou aos dois anos de idade, em 1917. O vestido de renda inglesa está em excelente estado de conservação e cada menina da família teve a oportunidade de usá-lo e ser fotografada (a família sempre prezou pelas fotografias). A tataraneta Sofia foi a membro mais recente a vestir esse tesouro familiar.




Gerações de meninas Zielke com o vestido



Elaine relata que recriar a história de sua família e montar o museu não foi uma tarefa difícil, pois ouviu a trajetória de sua família desde criança. Embora fosse um quebra-cabeça, havia muito material físico e sua família sempre contribuiu com informações e dados concretos, cuidadosamente registrados.



A Yaih perguntou a Elaine como ela se sente ao receber visitantes de diferentes regiões, interessados em conhecer a história da família Zielke e a cultura relacionada. Elaine respondeu com grande satisfação:



Elaine Zielke

"Eu me sinto realizada. Nunca imaginei que isso poderia se tornar realidade um dia. Fico feliz em receber pessoas com histórias diferentes, mas muitas vezes semelhantes. Ver a felicidade dos visitantes ao compartilharmos essa história é muito gratificante. No Museu Memórias und Andenken, temos muitos assuntos diferentes para compartilhar, especialmente para aqueles curiosos e interessados na cultura pomerana. A alegria que sinto é ver a outra pessoa feliz por gostar da história que compartilhamos."




Com sua dedicação e amor pela história da família Zielke, Elaine Zielke continua a preservar as tradições e a enriquecer a cultura local, oferecendo uma experiência única aos visitantes que buscam uma conexão com o passado. O Museu Memórias und Andenken, que em breve completará seis anos de atividades em julho, é um destino imperdível para aqueles que desejam mergulhar nas raízes dessa família marcante.




- A Agência Yaih agradece a disponibilidade de Elaine por dividir a sua história com a gente, parabenizamos a família Zielke pelo seu centenário e .... vida longa ao Museu Memórias und Andenken !


bottom of page