top of page
  • Rodrigo Seefeldt

A CORAGEM DO CEL- CENTRO DE ESCRITORES LOURENCIANOS NA VALORIZAÇÃO DA LITERATURA



Sem dúvidas são enormes as dificuldades de entidades de cunho literário, histórico e cultural espalhadas por todo país. Mas quando há o envolvimento de mulheres e homens dedicados e abnegados em realizar ações e projetos extraordinários, deve se ao fato do protagonismo da “coragem” daqueles que defendem a literatura, escrita e leitura como fator social de transformação.


O CEL – Centro de Escritores Lourencianos completa neste ano, especialmente no mês de outubro, 27 anos de trabalho voluntário literário no município de São Lourenço do Sul, e nesse sentido foi preparada uma grande festa da literatura com programação cultural de seis dias consecutivos de variadas atividades.


Festa da Literatura

A Festa da Literatura contou com lançamento de livros coletivos elaborado com alunos de escolas públicas do município, livros coletivos de autores do CEL, oficinas literárias, lançamento da 21ª Antologia (textos de autores e premiados), entrega de premiações e jantar cultural festivo com apresentações musicais. Além disso, O CEL propôs através de uma resolução o apoio do legislativo municipal na publicação de obras coletivas de cunho local e histórico e abriu espaço a outros autores para lançarem seus livros.

Em toda as atividades ficou evidente o papel social do CEL e da literatura, pois era possível ver o sorriso no rosto de cada aluno que participou dos projetos recebendo seu próprio livro. Houve momento especial para a contação de história às escolas de educação infantil, envolvendo desta maneira todos os públicos em uma grande festa cultural.


Biblioteca do CEL

Não obstante, mas emocionante, marcou a inauguração da biblioteca comunitária do CEL que leva o nome de “Sérgio de Laforet Padilha” um dos fundadores da entidade e que em sua ausência física, a família doou o seu acervo de livros ao CEL, que organizou uma biblioteca variada.

Pode-se afirmar que o CEL através de sua atuação social e na execução da Festa da Literatura, coloca o município de São Lourenço do Sul em destaque, inclusive com a participação presencial da editora Pragmatha diretamente de São Paulo, Sandra Veroneze, em todos os dias do evento, ministrando diversas oficinas literárias.

Por fim, em São Lourenço do Sul, se faz literatura com protagonismo coletivo, liderado pela Presidente do CEL, Cleia Dröse que dedica sua vida a fazer a literatura chegar nos mais longínquos rincões.



Festa da Literatura













Festa da Literatura - Aline Seefeldt














Festa da Literatura- Rodrigo Seefeldt





















*Rodrigo Seefeldt- Condutor local do Caminho Pomerano, Bacharel em Desenvolvimento Rural, Fundador do RuralidadesSul e integrante do CEL – Centro de Escritores Lourencianos











bottom of page