top of page
  • Raquel Nogueira

4 DICAS PARA ORGANIZAR O SEU ORÇAMENTO FAMILIAR



Às vezes não damos a devida importância para os nossos pequenos gastos, seja um cafezinho ou alguma outra pequena compra.

O que parece uma tarefa fácil como gerir as contas do dia a dia, na verdade é um tanto mais complexa e necessita de atenção por parte das famílias.

Organizar o orçamento doméstico não é tarefa fácil, exige disciplina e muita organização.

O orçamento pessoal e familiar é muito importante e vai fazer diferença na realização ou não dos seus projetos.

Existem inúmeras maneiras de organizar o seu orçamento familiar, o importante é achar um jeito que funcione para você e sua família.


Autoconhecimento


O autoconhecimento é fundamental para iniciar um bom orçamento e ter ótimos resultados com ele por isso seja honesto consigo mesmo e identifique a sua atual situação o mais rápido possível.


Despesas Fixas e parceladas


Esse tópico é importantíssimo para o sucesso do seu planejamento financeiro, mas primeiro vamos entender o que são despesas fixas.

As despesas fixas são aquelas necessárias para manter nossa vida e que não variam no curto prazo.

Já as despesas parceladas são aquelas compras que foram feitas para pagar em um determinado número de parcelas.

Essas compras parceladas devem estar no seu orçamento até a quitação pois com isso você terá uma visão de quanto sobra e se você pode fazer novas despesas.


Montando o seu orçamento


Depois de entender quais são as suas despesas fixas e qual é o seu endividamento chegou a hora de montar o nosso orçamento familiar.

Antes gostaria de esclarecer que o orçamento não é apenas para ver o que já estou devendo e quais são os meus gastos mensais.

Ele também serve para organizar quais serão as nossas novas aquisições e isso vai desde viagens, reformas da casa, compra de roupas e eletrodomésticos etc.

É muito importante que a família tenha claro em que será gasto o dinheiro essa clareza diminui o desperdício e possíveis compras por impulso.

No orçamento também devem ter previsões de investimentos e despesas anuais.


Use seu orçamento com inteligência


Assim como a nossa vida, nossas necessidades e desejos mudam por isso não encare o orçamento como uma coisa imutável ele não é.

Procure revisar seus objetivos e metas periodicamente. Estabeleça um prazo para rever seu orçamento e vá ajustando conforme forem aparecendo divergências.

Quando se está começando a utilizar um orçamento pessoal é comum que as previsões que você fez sejam diferentes da realidade e essas questões terão que ser corrigidas.

A boa notícia é que conforme o tempo vai passando essas diferenças vão diminuindo e o controle da sua vida financeira vai passando a ser protagonista.






Siga o Enche o Bolso no Instagram!









Comments


bottom of page